Polícia Militar de Garopaba intensifica rondas em áreas vulneráveis

Postada em 20.01.2020 ás 12:00

Foto divulgação PM

A Polícia Militar de Garopaba começou a intensificar as rondas em áreas de vulnerabilidade, como, por exemplo, trilhas, essas rondas ostensivas estão sendo realizadas a pé. A iniciativa de monitorar mais esses pontos de difícil acesso se deu após a Polícia tomar conhecimento, através de redes sociais, sobre possíveis assédios, atos obscenos, e “cantadas” de mau gosto, que podem estar ocorrendo em uma área de trilha que liga as praias do Siriú e Central de Garopaba.

“Cabe ressaltar, que não houve nenhum acionamento cadastrado junto a Central Regional de Emergência, 190, o que dificulta muito a identificação dos possíveis autores e uma eventual prisão em flagrante. Mas a iniciativa é para garantir mais segurança as pessoas”, explica o comandante da Polícia Militar, Capitão Israel.

“ESTAMOS FAZENDO A NOSSA PARTE, AGORA CABE AO CIDADÃO NOS AUXILIAR COM DENÚNCIAS ATRAVÉS DO 190 SEMPRE QUE TAL SITUAÇÃO OCORRER!”

Segue abaixo alguns tipos penais que podem ser enquadrados dependendo de cada contexto e situação:

Injúria
Art. 140 – Injuriar alguém, ofendendo-lhe a dignidade ou o decoro:
Pena – detenção, de um a seis meses, ou multa.

Ato Obsceno
Art. 233 – Praticar ato obsceno em lugar público, ou aberto ou exposto ao público:
Pena – detenção, de três meses a um ano, ou multa.

Importunação Sexual
Art. 215-A. Praticar contra alguém e sem a sua anuência ato libidinoso com o objetivo de satisfazer a própria lascívia ou a de terceiro:
Pena – reclusão, de 1 (um) a 5 (cinco) anos, se o ato não constitui crime mais grave.”

Redes Sociais

Todos os direitos reservados © 2014
::::::::::::::::. Garopaba 98,3 FM .::::::::::::::::