Estiagem histórica afeta Garopaba

Postada em 09.10.2019 ás 16:54

Porém de acordo com o chefe da Casan do Município o quadro ainda não é preocupante

Uma avaliação feita no início de outubro pela Companhia Catarinense de Água e Saneamento (Casan) revelou que a estiagem na grande Florianópolis é pior do que no ano de 2018, se igualando às secas dos anos de 2017 e 2014, que foram severas. Esse quadro se iguala em Garopaba.

Conforme a previsão climática divulgada pela Epagri/Ciram para os próximos três meses, a expectativa é de chuva na média ou abaixo em Santa Catarina. Agora em outubro há condições para mais nebulosidade, mas com chuva mal distribuída e pouco significativa. A condição deve melhorar a partir de novembro, com volumes maiores de chuva e até temporais.

Essa estiagem trouxe preocupação para muitos garopabenses, que chegaram a questionar se o abastecimento da cidade poderia ser afetado. Conversamos com o chefe da agência da Casan de Garopaba Carlos Eduardo Rodrigues, sobre a situação do abastecimento de água na cidade e, segundo ele, o município tem 20 pontos de coletas de água, sendo 18 deles subterrâneos e dois pontos superficiais.

De acordo com Carlos, dos pontos de coletas subterrâneos apenas dois, o da Gamboa e do Campo Duna, apresentaram uma queda de 10%. “Essa queda não afeta em nada no abastecimento e nem posso confirmar se é devido a estiagem, pode ser por conta de algum defeito na bomba, por exemplo”, explica.

Já os dois pontos superficiais, que ficam localizados no Macacu e Siriú, tiveram uma queda de 50%. Conforme Carlos, mesmo com esta diminuição ainda não está sendo preciso tomar medidas de restrição no consumo, porém, se continuar com a baixa nas chuvas algumas ações terão que ser tomadas. “Eu estou falando aqui de mais uns 20 dias sem grandes chuvas”.

Segundo Carlos, a chuva do fim de semana do dia 5 não melhorou em nada no nível de água das cachoeiras e rios. “Precisa chover constantemente por alguns dias para o nível dos pontos superficiais voltarem a 100%”, explica o chefe da Casan de Garopaba.

 

Reportagem por Carla Fogaça

 

Foto: divulgação

Redes Sociais

Todos os direitos reservados © 2014
::::::::::::::::. Garopaba 98,3 FM .::::::::::::::::